Resumo do SEMS Brazil 2007

Depois de 2 dias na terra da garoa e 2 dias de volta à terra do pôr-do-sol, cá estou para contar como foi a primeira edição do Search Engine Marketing Strategies Brazil. Mas antes gostaria de expressar a minha empolgação pela informação que me foi dada na sexta-feira sobre a realização de um SMX no Brasil em 2008. O mercado de search marketing nacional está finalmente se mexendo, hein?🙂

A série de palestras foi dividida em duas partes: Yahoo! e Google (veículos) palestrando pela manhã e anunciantes e agências à tarde, com exceção do UOL que também apresentou as suas soluções para a publicidade contextual. Acho que o lugar comum foi mesmo o processo de desenvolvimento das campanhas de links patrocinados. Quase todos os palestrantes caíram no mesmo framework que já é praxe entre search marketers. Vou começar com um resumão das palestras da manhã.

Marcelo Alvarenga (Yahoo! Brasil):

  • Fez uma ótima palestra de abertura da conferência.
  • Começou mostrando a evolução da mídia online frente aos meios tradicionais (Porto Alegre tem apenas 28% de penetração da internet!!!).
  • Falou do caso do 15/05/2006, quando a movimentada Avenida Paulista ficou deserta à noite com as notícias do PCC em São Paulo. Segundo o Marcelo, a informação foi divulgada em um momento em que a maioria das pessoas estava no trabalho e atribui, portanto, à internet tal acontecimento.
  • Mostrou duas pesquisas realizadas pelo Yahoo! chamadas “Long and Widing Road” e “BrandAdvocates”.
  • Uma das pesquisas revela o caminho do consumidor para uma aquisição (ciclo de compra) baseando-se em entrevistas e tracking via Web, métodos que o palestrante defendeu dizendo que funcionam muito bem juntos.
  • Defendeu também o kick-off de campanhas simultaneamente nos meios online e offline.
  • Falou da força dos links patrocinados combinados com comunidades (redes sociais) para a amplitude da reprodução de uma campanha. Citou o caso de uma empresa que vende laxante e usou o Yahoo! Respostas como um canal de bate-papo entre os consumidores e um médico especialista no assunto. A campanha usou o número de impressões e de respostas como métricas de sucesso.
  • Falando em métricas, Marcelo ainda tratou de algumas bem importantes para cálculos de conversão: CPA, ROI, intenção de compra e ticket médio.
  • A parte mais legal de todas: tendências. Basicamente, apontou a migração das verbas de outras mídias para SEM, falou de celular (Yahoo! Go chega oficialmente ao Brasil no início de 2008) e de buscas mais direcionadas na Web através de sites de pesquisa verticais (será?).
  • Perguntei sobre os formatos de anúncio para celular que o Yahoo! pretende trabalhar no Brasil, mas essa resposta ainda não poderia ser revelada. Marcelo também fez mistério quanto ao uso de vídeo quando mencionei os planos para a mobilidade com a TV digital.
  • Revelou que o famoso SmartAds está vindo ao Brasil. O Yahoo! está fazendo testes com logomarcas nos resultados de busca (deu o exemplo da Sky).

Marco Bebiano (Google Brasil):

  • Sua apresentação estava focada na rede de conteúdo do Google.
  • Resgatou uma informação interessantíssima: as pessoas passaram 45% do tempo online em sites de conteúdo no ano de 2006 frente a 36% em 2005.
  • Chamou o estágio atual da publicidade online de era da mídia de massa customizada (mass customization era).
  • Apresentou o já conhecido ciclo de busca: conhecimento > consideração > ação.
  • Falou dos fantásticos Gadget Ads para o AdSense.
  • Apontou uma métrica para melhorar o desempenho da publicidade de um site: pages per unique visitor.
  • Perguntei sobre a saída do link “Anuncie neste site” dos anúncios da rede de conteúdo e não soube responder a questão, porém enfatizou a possibilidade de segmentação por site (site targeting). Em passagem pelo Google na sexta-feira, me disseram que o que aconteceu foi que a empresa detectou que a retirada do link aprimorava em uma média de 20% a performance dos anúncios (quem diria?).
  • Perguntei sobre a medição de métricas de interação nos Gadget Ads e o Marco respondeu que tudo pode ser definido dentro de um simples arquivo XML. Barbada, hein?🙂
  • O Alexandre Kavinski gritou do fundo do salão que hoje há 3 milhões de blogs no Brasil e que isso representa 6% dos blogs do mundo. Impressionante!

Aliás, breaking news: Marco Bebiano assumirá o Comitê de SEM do IAB Brasil no próximo ano, tomando a posição hoje ocupada pelo grande Alexandre Kavinski, meu parceiro na Mídia Digital. Que venha o SMX!😀

3 Comentários »

  1. Olá!

    Bom blog!! Parabéns!

    Também escrevo sobre alguns destes temas.

    Passa pelo Inovação & Marketing… http://www.inovacaomarketing.com

    Abraço

  2. Olá Miguel tudo bem!

    Bem legal o teu blog, gostei da abordagem relacionada ao tema. Vou te “linkar” no meu blog! Abraço!

  3. […] O Yahoo!, no entanto, não está a ver navios. Sua estratégia para a publicidade em celulares é agressiva e, como já falei aqui no MigLog, já está chegando ao Brasil. […]

RSS feed for comments on this post · TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: