Medindo as Campanhas de Fim de Ano

O Natal já chegou para o mercado da publicidade e, como sabemos, na internet as coisas tendem a ser ainda mais rápidas. No caso dos banners, chegou o momento de passar o briefing da campanha para a agência desenvolver as peças mais atrativas para conquistar o clique do usuário em um período de cliques impulsivos. No caso dos links patrocinados, já é hora de colocar no ar os anúncios para desenvolver um bom histórico no período mais importante do ano, especialmente para o varejo.

A pergunta do momento é: você está preparado?

Caso a resposta tenha sido negativa, ainda há (pouco) tempo para se dar bem na Web neste fim de ano. Mas é muito importante definir, desde o início, quais serão as métricas-chave da sua campanha. Você pode ter como objetivo a geração de tráfego para o seu site, de leads, de vendas, etc. Para cada caso, há uma diferente forma de medir a performance e os resultados da sua campanha.

Banners:

Uma ótima forma de medir os resultados de banners é usar tracking codes. Durante o período da campanha, acompanhe a evolução diária de impressões, cliques, CTR e CPC (sim, mesmo que você esteja comprando impressões). Você quer que o volume de cliques seja o maior possível de modo a reduzir o CPC e gerar o máximo de tráfego ou transações com o menor custo. Para isso, trabalhe com diferentes versões de peças fazendo testes A-B até o fim da campanha e procure sempre apostar nos creatives de maior CTR. Se o seu objetivo é levar audiência para o seu site, compare o resultado de cliques da campanha com o número de visitas gerado pelos seus banners e adicione uma coluna à sua planilha para calcular o custo por visita. Caso o seu objetivo seja venda, divida o CPC pela taxa de conversões por clique e obtenha o custo por aquisição (CPA) em outra coluna da sua planilha, conforme a fórmula abaixo:

CPA = CPC/Taxa de conversões = (custo/clique)/(conversões/clique)

Links Patrocinados:

O valor das palavras-chave tende a aumentar nesta época do ano. Isso ocorre porque as conversões aumentam mais que os cliques, então as taxas de conversão tendem a aumentar também, o que torna os cliques mais caros e faz com que os anunciantes aumentem os seus lances. Como resultado, o CPC sobe.

Voltando à nossa fórmula acima, embora o CPC aumente no Natal, a tendência é que as conversões aumentem ainda mais e isso reduz o CPA. Sendo assim, vale a pena apostar em algumas palavras-chave bastante buscadas para atingir o máximo de público interessado nos seus produtos.

Uma boa dica para a seleção das suas palavras-chave é usar o Google Trends, que mostra o volume das buscas em determinados anos, meses, países e até estados. Veja, por exemplo, a comparação abaixo:

Google Trends para buscas relacionadas a PC

Perceba que a procura pelo termo “pc” ainda é grande no Brasil, mesmo com o aumento de buscas por “notebook”. Agora vamos comparar o desempenho das buscas por alguns dos campeões de vendas do Natal:

Google Trends para produtos relacionados ao Natal

É, parece que ninguém quer saber de ler livros em fim de ano. Por outro lado, veja só o que acontece com os outros produtos na proximidade do Natal. As buscas simplesmente disparam!

Bom, espero que este post seja útil para alguém e que todos tenhamos um Natal muito feliz e com ótimos resultados em nossas campanhas online.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: