MigLog 2.0: Acesse Meu Novo Blog

Amigos, tenho a honra de comunicar o lançamento da versão 2.0 do MigLog, agora em domínio próprio e com artigos e novidades em textos mais “in-depth” ;)

Com foco maior em marketing digital, eu vou continuar abordando os temas que eu já tratava aqui, porém com textos regulares com característica mais analítica e fazendo o bom e velho apanhado geral dos gurus do Web marketing e analytics.

Atualizem seus bookmarks: http://blog.migueldorneles.com

P.S.: apesar de eu deixar o wordpress.com, continuo usando a plataforma. Fidelidade de SEO! :)

Deixe um comentário

A Estratégia do Google Para a Expansão do SEM

Férias, finalmente! Estava realmente precisando de alguns dias de descanso de verdade. Só agora conseguirei colocar o blog em dia :)

Bem, a esta altura do campeonato, você já deve ter visto pipocar pela Web a nova investida do Google para impulsionar o mercado de search engine marketing. Os inovadores de Mountain View deslancharam um desafio online que consiste em mobilizar universidades e escolas em todo o mundo para o exercício criativo e estratégico do fantástico e bilionário mundo do SEM (leia-se Google AdWords).

O Google parece estar em uma fase de maturação em relação ao modelo de links patrocinados. Temos visto os seus avanços na área da mobilidade, a expansão da sua gama de serviços para incremento de inventário publicitário e o seu constante engajamento para a inovação. Tudo isso, somado à mais nova tática para atingir um público acadêmico, tem coerência total com o seu real modelo de negócio.

Ora, estamos falando de uma empresa que oferece alguns dos mais inovadores produtos da Web, utilizados por milhões de internautas sem que eles tenham de colocar a mão no bolso. A publicidade paga a conta, através dos anúncios baseados em contexto.

O desafio lançado para estudantes e instituições de ensino visa justamente tornar o AdWords mais conhecido e difundí-lo como plataforma padrão deste tipo de publicidade. Ao realizar uma ação como essa, o Google mira o futuro do AdWords e a sua participação hegemônica no mercado de SEM, sobretudo nestes tempos de barulho do lado da concorrência.

Comentários (1)

Encontre Chuck Norris no Google, Se Você For Capaz

Esta dica é do Kibeloco. Parece que temos mais um candidato a engraçadinho da Web.

Tente entrar no Google e digitar “find Chuck Norris” na caixa de busca. Então pressione “Estou com sorte” (ou “I’m feeling lucky” caso a sua interface seja em inglês) e você verá o seguinte resultado:

Google won’t search for Chuck Norris because it knows you don’t find Chuck Norris, he finds you.

No standard web pages containing all your search terms were found.

Your search – Chuck Norris – did not match any documents.

Suggestions:

* Run, before he finds you
* Try a different person

Sensacional! :)

Comentários (21)

Yahoo! Testando Delicious Em Resultados de Busca

Desde a última semana, o Yahoo! tem testado o uso de informações de bookmarks do del.icio.us em resultados da busca orgânica, apostando na tendência de conteúdo gerado pelo usuário na apresentação das páginas mais relevantes. Tal recurso oferece ao usuário de busca mais um fator de utilidade para determinar o seu interesse por um dos itens apresentados pelo buscador.

Yahoo Exibe Bookmarks do del.icio.us

Particularmente, acho que é um avanço positivo que pode prover grandes insights ao Yahoo! no refinamento do seu algoritmo de busca. A entrada de conteúdo gerado pelo usuário no produto mais popular da empresa faz eco à sua aposta nesse mercado, após o sucesso do ótimo Yahoo! Answers, que tem uma versão tupiniquim chamada Yahoo! Respostas.

Comentários (7)

MacBook Air: O Novo Filho da Apple

Todo lançamento de Steve Jobs é motivo de interesse dos entusiastas por tecnologia e, em casos mais graves da doença chamada “macmania”, de louvores. O seu mais novo PC não poderia ser diferente. E, claro, o design é de babar.

Lançado na mundialmente famosa Macworld Conference & Expo 2008, berço do já super-idolatrado iPhone, o igualmente sexy MacBook Air nada mais é do que um notebook. Mas não é um simples notebook! Trata-se do mais fino do mundo, com características tão ousadas que nos faz questionar o seu sucesso.

O computador aposta nas conexões wireless com dispositivos periféricos e, portanto, não oferece drive de CD, por exemplo. Isso explica a espessura. Mas veja como o teclado e o touchpad (multi-touch na veia!) parecem infinitamente mais confortáveis no MacBook Air:

É, preciso acabar logo com esse preconceito idiota de Mac e me render de vez ao mundo fantástico de Jobs :)

Deixe um comentário

Busca Local e Busca Vertical

O Search Engine Journal divulgou hoje a abertura da abrangência do serviço de busca local Grayboxx para todo o território norte-americano. Seu curioso sistema consiste em identificar automaticamente milhões de transações realizadas em estabelecimentos comerciais todos os dias nos Estados Unidos para classificar os resultados de busca de acordo com um critério de popularidade de indicações ou recomendações.

A idéia é ótima, mas a usabilidade do site me parece um problema, principalmente pelo uso desnecessário de layers sobre o conteúdo para a exibição dos detalhes. Outro problema é a carência de informações e reviews sobre os estabelecimentos mesmo em buscas simples como “restaurant” em Nova York. Ainda fico com o CitySearch.

Outro assunto que gostaria de destacar hoje aqui é um artigo de Sramana Mitra no GigaOM sobre o calcanhar de Aquiles do Google. Trata-se da difusão das buscas verticais ou especializadas nos Estados Unidos e a tendência de crescimento desse mercado, o que pode roubar um bom pedaço do market share de gigantes da busca como a empresa de Mountain View. Sramana enfatiza o exemplo dos sites de busca de emprego, como o SimplyHired, o Dice, o Indeed e, claro, o LinkedIn.

Boa, hagah! ;)

Deixe um comentário

Google Earth: O Mundo Na Ponta dos Dedos

O blog Google Operating System acabou de divulgar um aplicativo, denominado touchEarth, desenvolvido por Pawel Solyga a partir de uma API, que permite o controle do Google Earth através dos dedos em uma interface touchscreen.

Veja uma demonstração no vídeo abaixo:

Muito bacana, né? O mais interessante é o reconhecimento de mais de um ponto de toque (“multi-touch”). Lembra bastante o modelo utilizado pela Microsoft para o fantástico Surface.

Comentários (1)

Older Posts »
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.